terça-feira, fevereiro 19, 2013

Canalhice contra blogueira


Yaoni Sánchez Chegando ao Brasil
Na democracia, as liberdades de pensamento permitem tudo, até protestar contra a entrada no Brasil de uma blogueira que, com muita coragem e determinação, enfrenta a ditadura de Fidel Castro, em Cuba.
Yaoni Sánchez desembarcou no Recife, numa escala rumo à Bahia, debaixo de vaias, xingamentos e faixas com palavras de ordem sob a alegação de que estaria sendo financiada pelo governo americano para falar mal do regime cubano.
Ora, que mentira! Lorota! A jornalista passou seis anos tentando sair de Cuba, enfrentou as mais duras e implacáveis perseguições. Vive ameaçada de morte, não tem residência fixa em Havana temendo ser presa, torturada ou assassinada.
O mundo inteiro reconhece a sua luta. Se fosse atender a todos os convites para palestras e homenagens, Sánchez teria que viver a vida inteira literalmente dentro de um avião. Isso é prova que faz um trabalho isento, sem vínculos partidários ou atrelamentos a qualquer instituição financeira internacional.
Segundo a revista Veja, os protestos contra a blogueira estariam sendo organizados por segmentos do PT em consonância com a Embaixada cubana no Brasil.
Se isso se confirmar, o País retrocede pelas mãos do PT, partido que lá atrás, antes de chegar ao poder com Lula, se destacou no combate à ditadura, na defesa ampla, geral e irrestrita da liberdade.
Sob o patrocínio cubano, assistimos a um ataque mesquinho e covarde, que compromete a imagem de um País que se apresenta moderno, longe da ditadura vergonhosa de Cuba.

Escrito por: Magno Martins