21 de fevereiro de 2013

Empate e morte marcam a estréia do Corinthians na Libertadores

Kevin Douglas Beltran Espada, torcedor do San José, foi morto nesta quarta-feira quando um rojão acertou o olho direito dele durante o empate por 1 a 1 com o Corinthians, em Oruro, na Bolívia, pela Copa Libertadores da América. O garoto, 14 anos, não resistiu aos ferimentos e chegou ao Hospital Obrero já sem vida. O fogo de artifício foi disparado pela torcida do Corinthians, segundo a policia.

A tragédia provocou diferentes reações, mas no geral o tom foi de consternação e comoção com a morte do garoto. No site oficial, o Corinthians se pôs à disposição para ajudar da maneira que for capaz.
Rojão que matou jovem boliviano teria sido disparado da torcida do Corinthians Foto: AP"A direção do Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente a morte de um torcedor na partida contra o San José na noite da última quarta-feira (20) e se coloca à disposição para ajudar no que for possível, mesmo sabendo que nada apagará a dor causada pelo incidente", publicou o clube em nota oficial.
Já a Conmebol, entidade que organiza a Copa Libertadores, segue em silêncio sobre o caso. O site da confederação sul-americana publicou às 01h27 desta quinta a crônica da partida entre San José e Corinthians, sem fazer, entretanto, qualquer menção sobre a morte do jovem boliviano.
ig

morte marcam a estréia do Corinthians na Libertadores
Minha opinião via Facebook 

Postagem anterior
Próxima