14 de fevereiro de 2013

Prefeitura de Surubim promove carnaval em Outdoors

Outdoor na entrada da cidade
A Prefeitura de Surubim segue inovando, e desta vez investiu em Outdoors para divulgar o Carnaval da cidade.
Esse ano, o carnaval de Surubim tem tudo para ser um dos maiores que a cidade já viu. Além dos recursos da Prefeitura, e o desdobramento dos blocos para colocar na rua bandas de destaque, o Governo do estado também vai investir maciçamente no evento. 
As emissoras de rádio local desde o mês passado já estão divulgando o evento. Não temos informações se a Prefeitura também esta divulgando em emissoras de TV. 
Em quanto isso, o novo governo municipal tem dando o mesmo tratamento que Flávio Nóbrega dava a mídia virtual. 
Até a presente data, nenhum proprietário de blog ou site de Surubim foi contactado pela prefeitura para fazer a cobertura ou divulgação do evento. Quem quiser cobrir o evento terá que desembolsar as despenas com fotógrafos, repórteres entre outros gastos.
O marqueteiros da P.M.S continuam menosprezando a força da internet. Investem apenas em Rádio, Outdoors e Tv , porém, esquecem que na hora de buscar informações sobre a programação do evento os turistas recorrem a internet como ferramenta de pesquisa.
Surubim hoje tem blogs especialista em festas como o Acesso Surubim e Os Olhas, porém, os blogueiros terão que 'se virar' para bancar a cobertura do evento.  
A desculpa que o Ex-prefeito (Flávio Nóbrega) dava para esse desprezo, era que a prefeitura já tinha um site oficial. O problema é que a página da prefeitura tem um pequeno numero de acessos, enquanto que, a soma dos acessos diário dos blogs de Surubim, somada ao feedback de suas matérias nas redes Sociais, proporcionam um numero infinitamente maior de pessoas alcançadas.
Em cidades próximas a nós como Santa Cruz do Capibaribe e Limoeiro, os blogueiros recebem informações das instituições públicas para serem publicadas em seus blogs. Também são informados sobre inaugurações, eventos, festas e até recebem convites para coletivas de imprensa. 
Já na capital da Vaquejada ainda estamos vivendo no tempo da ‘Web lascada’. 


Postagem anterior
Próxima