domingo, março 17, 2013

Eduardo entrega arena de acessibilidade em Boa Viagem




Depois de garantir segurança por terra, mar e ar às praias do Recife há menos de um mês, o governador Eduardo Campos voltou à Praia de Boa Viagem para lançar, neste domingo (17/03), o projeto de acessibilidade Praia sem Barreiras. Voltada para pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida, a iniciativa ganhou uma arena de acessibilidade, que fica localizada em frente ao Internacional Palace Hotel, próxima ao novo posto do Corpo de Bombeiros, inaugurado no dia 22 de fevereiro. O equipamento vai funcionar de quinta a domingo, das 8h às 12h.
A partir de agora, os visitantes locais e turistas poderão desfrutar de uma esteira de acesso ao mar com 30 metros de comprimento, seis cadeiras anfíbias, três piscinas para o lazer de crianças, uma quadra para a atividade esportiva de vôlei sentado, tenda de fisioterapia e enfermagem, além do banho assistido. Ao lado do prefeito Geraldo Julio, Eduardo jogou uma partida de vôlei sentado, assistiu ao banho dos primeiros voluntários e ouviu as impressões dos deficientes e familiares sobre a iniciativa.
Ressaltando a parceria do Governo do Estado com a Prefeitura do Recife e a Uninassau, Eduardo convidou todos a vir conhecer o projeto Praia sem Barreiras. “Estamos garantindo um direito à acessibilidade que estava sendo limitado há anos. A partir daqui, queremos ir para outras belas praias para imprimir essa marca e dizer pode vir pra cá, porque aqui tem um valor, um princípio, que é a união entre a sociedade civil, as empresas privadas e o Governo, para proporcionar a felicidade não apenas aos cadeirantes que estão indo tomar o banho de mar, mas também de famílias inteiras e amigos”, constatou.
Durante o projeto, 21 estudantes dos cursos de Fisioterapia, Educação Física, Enfermagem e Turismo da Uninassau passaram por oficinas de capacitação e serão os responsáveis pelo trabalho de assistência. Já para facilitar o acesso à arena de acessibilidade, a Prefeitura do Recife criou uma rota acessível, que tem início na parada de ônibus da Avenida Conselheiro Aguiar, seguindo pela Rua Bruno Veloso, até a orla de Boa Viagem. O projeto Praia sem Barreiras já está funcionando desde janeiro no Arquipélago de Fernando de Noronha. Os próximos destinos que receberão o projeto são as praias de Porto de Galinhas e Itamaracá.
Há 16 anos portadora de lesão medular, Vitória Muniz, 59, estava esse mesmo tempo longe da praia. Ela aprovou a iniciativa. “O Governo pensou em cada detalhe, desde a chegada até o banho do mar. Às vezes, ficava deprimida porque passava os domingos sozinha em casa. Agora, fico confortável, tranquila e, principalmente, feliz em poder  acompanhar minha filha também na praia”, comemorou Vitória.

Escrito por Magno Martinhs