terça-feira, março 26, 2013

Motociclistas e muito rock invadem Dália da Serra



Rock de primeira qualidade, máquinas poderosas, descontração e um clima fraternal impar marcaram a noite de abertura do V Taquaritinga Moto Fest, um grande evento que aquece a economia local, lota todos os hotéis e pousadas, movimenta toda a cadeia produtiva do comércio e encanta a todos que dele participam, quer seja como motociclistas, quer seja como simples amadores deste estilo de vida que a cada dia encanta mais pessoas.

Motos de variadas marcas e triciclos invadiram as praças Antonio Pereira e Padre Otto Sailler, já dando mostras que o centímetro quadrado de estacionamento vai ser muito disputado neste sábado, uma vez que mais de 90 motoclubes de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará, Paraná, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Brasília e São Paulo já se fazem presentes na Dália da Serra e representam menos da metade esperada pela coordenação do evento.

“O V Taquaritinga Moto Fest já é um sucesso! Em todos os aspectos já está superando todas as nossas expectativas e agradou aos nossos irmãos motociclistas de todo Brasil que estão vindo nos prestigiar. Em virtude da grandiosidade desse evento e da importância para Taquaritinga, estamos trabalhando já para a partir de 2014 ele ser realizado todos os anos”, revelou Ricardo Valença, mais conhecido como Gabiru, atual presidente do Taquara Moto Clube, entidade local que promove o Taquaritinga Moto Fest.


Outro aspecto percebido notado também no evento foi o alto nível das bandas que se apresentaram na primeira noite. As bandas Ferroada, RIF e Mahabone levaram ao delírio todos os presentes e promoveram a perfeita integração entre os motociclistas e roqueiros locais que abriram até rodas de pogo, uma dança bem peculiar, que parece uma briga campal com chutes e socos para todos os lados, também chamada de “Roda Punk“, aquele aparente tumulto em frente ao palco, que na verdade é a dança amigável de várias pessoas que estão felizes, chutando o estresse e curtindo um som de primeira qualidade.

Elisberto Costa
Jornalista ASSIMP / PMTN