sexta-feira, abril 19, 2013

Câmara de Carpina aprova voto de repúdio contra Wyllys


“A Bíblia é uma piada. Quem crê nela é um palhaço.” Esta declaração dada pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) fez parte da pauta da Câmara de Vereadores de Carpina durante sessão realizada na terça-feira (16). De autoria do vereador Tota Barreto (PSB), os parlamentares aprovaram voto de repúdio contra o deputado carioca, que, segundo o autor, foi infeliz nas suas palavras.

Com a aprovação do requerimento, a Casa espera uma grande repercussão em torno da matéria através da sua publicação em veículos de comunicação estaduais e nacionais. O voto, aprovado por unanimidade, será encaminhado para o Congresso Nacional, com anexos para o gabinete do deputado e para a presidência daquela Casa.

Os vereadores informaram ainda sobre a realização de um manifesto contra Wyllys a ser realizado no município e que visa arrecadar o máximo de assinaturas possíveis contra o parlamentar. A intenção, segundo os vereadores carpinenses, é exigir que sejam tomadas providências contra as recentes declarações do deputado.

Magno Martins