26 de abril de 2013

"Exemplo bom começa de casa", diz vereador oroboense Manuel Mariano



Mesmo atuando como vereador da base aliada e sendo um dos grandes responsáveis pela eleição do prefeito Cléber Chaparral (PSD) no município de Orobó, o vereador Manuel Mariano (PSD) apresentou um requerimento solicitando do Poder Executivo a apresentação da relação dos servidores municipais contratados, efetivos e comissionados nos três primeiros meses da atual gestão.

Curiosamente, o requerimento não foi aprovado por 06 votos contrários contra 05 favoráveis, o que deixou muitos oroboenses intrigados com a decisão, já que no período da campanha o que se pregou no palanque vitorioso foi transparência. “Sempre combati as outras gestões por repassar informações, mas não mostrar os documentos oficiais. Disse durante a campanha que seriamos diferente e não posso fazer diferente. Exemplo bom começa de casa”, destacou Manuel durante entrevista ao Jornalismo da Cultural FM.

Indagado se a apresentação do requerimento poderia geral um mal estar entre ele e o prefeito, Manuel Mariano se mostrou seguro e afirmou que não. “Chaparral é meu amigo. Ele (Chaparral) informou na Câmara que o município está comprometido com a Lei de Responsabilidade Fiscal e não pode mais contratar, isso precisa ser mostrado às pessoas que nos param nas ruas e pedem um emprego na prefeitura”, pontuou o vereador.

“Particularmente tenho pessoas para dar uma oportunidade, mas não posso, pois o prefeito sinalizou que a prefeitura não tem condições de empregar mais ninguém. Quando você diz que não pode e mostra, as pessoas entendem, mas se você diz apenas que não pode, isso deixa as pessoas chateadas”, explicou Mariano.

Ele também aproveitou o momento para dizer que acredita que o gestor municipal enviará os documentos solicitados para o plenário sem problemas, ao mesmo tempo em que afirmou não ter mais interesse em apresentar o requerimento, já que por várias vezes disse acreditar na forma diferente de Chaparral administrar, pontuando durante a entrevista a palavra transparência.

Escrito por Alfredo Neto

Postagem anterior
Próxima