sexta-feira, abril 05, 2013

Secretaria de Educação de Surubim realiza encontro de Assessoria Pedagógica


alt

No dia 03 de abril passado, no Núcleo de Inclusão Digital Profª. Nilza Amorim, situado na Avenida Agamenon Magalhães, Centro, Surubim/PE, onde se encontravam o senhor Givanildo Oliveira Martins, Ilustríssimo Secretário de Educação e Esportes de Surubim, juntamente com a equipe da Secretaria de Educação e Esportes, aconteceu o 1º Encontro de Assessoria Pedagógica desta Secretaria, com o tema “Competências e habilidades do trabalho em equipe”, oportunamente conduzido pela Profª. Lídia Cerqueira, Assessora Pedagógica da Editora Ática.

O encontro foi conduzido através de dinâmicas que levaram a equipe a refletir sobre as principais dificuldades encontradas no dia-a-dia dentro do ambiente de trabalho.

A primeira dinâmica consistia em todos os presentes caminharem individualmente e aleatoriamente sob aquele espaço, olhando sempre nos olhos uns dos outros, porém, sem pronunciarem uma só palavra. Após este primeiro momento os membros da equipe tiveram que caminhar da mesma maneira, no entanto, desta vez, em dupla, posteriormente, em trio, e, finalmente, em quarteto. Esta atividade lastreou-se na seguinte ideia: é mais simples caminhar sozinho, porém, é mais prazeroso fazê-lo acompanhado.

Em outra dinâmica, duplas foram formadas e um interpretava o personagem cego ao passo que o outro o personagem guia, e vice-versa, trouxe à equipe a seguinte reflexão: precisamos sempre de alguém para nos guiar quando chegamos “cegos” em um novo ambiente de trabalho, da mesma forma, devemos sempre ser “guias” para os demais colegas, sempre que necessário.

Um outro momento que merece destaque, foi quando a condutora leu um texto a respeito de porcos espinhos que, em meio ao frio devastador, precisavam se amontoarem para sobreviverem, sendo que quando o faziam, uns feriam os outros com seus espinhos. Este momento de reflexão fez com que a equipe percebesse que em meio às dificuldades encontradas no ambiente de trabalho, por vezes alguém prefere isolar-se, ao misturar-se ao grupo, muitas vezes por estar magoado com alguma palavra ou gesto desferido por algum membro do grupo. Contudo, percebe-se que tanto este que se isolou, como o próprio grupo, perderam, e, que o melhor ocorre quando o membro afastado retorna ao grupo, para que todos juntos consigam alcançar as metas e objetivos almejados pela equipe de trabalho.

Assim, é preciso aprender a conviver com os defeitos próprios e alheios, com as feridas diárias, bem como se faz necessário ter a humildade de entender quando há excesso nas palavras e pedir desculpas àquele que foi atingido pela ofensa.

Finalmente, para que haja a efetividade do trabalho em equipe, esta deve encontrar-se unida e determinada a alcançar as metas e objetivos da Secretaria, enfrentando juntos as dificuldades e desafios diários e ajudando-se mutuamente.

Fonte: Prefeitura Municipal de Surubim