sexta-feira, maio 17, 2013

Prefeito de Bom Jardim quebra o silêncio e em relação a João Lira diz: "Estamos politicamente separados"


Durante as comemorações alusivas do Dia do Trabalhador vivenciadas no dia primeiro de maio, no município de Santa Maria do Cambucá, vários prefeitos do Agreste Setentrional prestigiaram os sindicatos rurais que se reuniram para reivindicar melhorias para o homem do campo, em encontro promovido pela FETAPE, STR, CTB, CUT e CONTAG. Solidários, os gestores municipais acompanharam as caravanas e sinalizaram positivamente para contínuos apoios.

O prefeito de Bom Jardim, Jonatas Miguel (PP), foi o escolhido para discursar representando os prefeitos agrestinos. Miguel seguiu um discurso tradicional ao reafirmar apoio aos trabalhadores rurais – garantindo, especialmente, ações para os agricultores bonjardinenses. Mudando de comportamento e surpreendendo a imprensa, o jovem prefeito resolveu quebrar o silêncio e atender os radialistas.

Em contato com o Jornalismo da Cultural FM, Jonatas Miguel falou de parcerias firmadas para o setor da agricultura. Segundo o gestor, em parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura e Reforma Agrária foi autorizada a perfuração de cinco poços artesianos para o município – equivalente a investimentos da ordem de R$ 80 mil. O gestor ainda afirmou que será destinado ao município 700 horas de máquinas para construção de 2 barragens na zona rural.

Sucinto, Miguel também falou sobre o momento político em Bom Jardim. Indagado sobre o seu relacionamento com o ex-prefeito de Bom Jardim, João Lira (PP), ele confirmou que continua amigo do antecessor. “João Lira é meu amigo e fez por merecer os mandatos que administrou Bom Jardim”, resumiu. Porém, Miguel reconheceu caminhos opostos na vida pública. “Estamos politicamente separados”, pontuou.

Imagem Facebook
Fonte: BLOG DO AGRESTE