quarta-feira, outubro 16, 2013

Polo de confecções, no Agreste, contrata para o fim de ano


No Parque das Feiras, na cidade de Toritama, no Agreste de Pernambuco, trabalham até seis mil pessoas em época de maior movimento. Elas são contratadas pelas indústrias que produzem jeans e também pelas lavanderias da cidade. No fim do ano, o comércio e fabricação local estão contratando mão de obra para ajudar nas vendas de Natal e Ano Novo. A única exigência dos empresários é ter, pelo menos, ensino fundamental completo.
O polo de confecções da cidade comercializa roupas e segue tendências do Brasil e do mundo. Há clientes de todo o país e o comércio sempre precisa de novos funcionários. De acordo com o presidente da Associação de Lojistas do Parque das Feiras, Prudêncio Gomes, a necessidade maior é de mão de obra qualificada. "Precisamos de funcionários que queiram trabalhar aqui e que tenham pelo menos o primeiro grau. Vamos precisar da ajuda das empresas de qualificação para nos oferecer mão de obra", afirmou ele, em entrevista ao Bom Dia Pernambuco desta terça-feira (15).
Como a cidade é famosa por vender roupa o ano inteiro, além do Natal e Ano Novo, Prudêncio alega que a possibilidade de contratação é grande. "Dependendo da pessoa que vem fazer o teste, pode ser chamada no fim de janeiro e termina ficando de vez aqui em Toritama", diz.
Um exemplo disso é a gerente de loja Alessandra Soares. Ela é recifense e resolveu se mudar para Toritama por causa das boas possibilidades de contratação. "Toritama é uma cidade que dá emprego para todo mundo. Basta ter coragem para trabalhar e força de vontade, porque emprego não falta. Montei raiz aqui, agora", disse ela.
De acordo com a Prefeitura da cidade, de 10 a 12 mil pessoas se deslocam diariamente de outras cidades em direção a Toritama para trabalhar na cidade. Interessados podem deixar seus currículos no próprio Parque das Feiras.

Do G1