quinta-feira, dezembro 05, 2013

Petistas furiosos com pedido de emprego de Dirceu



Dirigentes do PT consideraram um 'desastre' a decisão de José Dirceu de pedir ao STF para trabalhar em um hotel de Brasília, com salário de R$ 20 mil. Dizendo-se pegos de surpresa, os petistas acreditam que o episódio transmite uma posição de arrogância do ex-ministro e, portanto, do partido. A informação é de Vera Magalhães, na sua coluna de hoje na Folha de S.Paulo.
Já Lauro Jardim noticia hoje na sua coluna da Veja que os donos do  St. Peter (a propósito, quem são?) não podem só reclamar da megaexposição que José Dirceu levou ao hotel. ''Ontem, um dirigente do PT paulista tentou hospedar-se lá. Deu com a cara na porta. O hotel estava lotado.''
Ainda em torno do emprego de Dirceu,  a Vara de Execuções Penais de Brasília rejeitou o pedido da defesa do mensaleiro para que fosse realizada com prioridade a análise de sua contratação pelo Hotel Saint Peter, no primeiro revés à intenção do ex-ministro de trabalhar fora da prisão. A decisão reflete a resistência ao pedido feito por Dirceu, que provocou críticas no STF pelo valor do salário - R$ 20 mil - e pela situação da empresa proprietária do hotel, cujo ex-gestor seria um laranja.

Blog do Magno Martins