quinta-feira, março 27, 2014

Armando Monteiro participa da convenção na UVP e afirma que "A hora é de valorizar a experiência política"

Armando Monteiro Neto (PTB) 
Ao falar para os cerca de 400 vereadores no Congresso Estadual da UVP (União de Vereadores de Pernambuco), em Gravatá, o senador Armando Monteiro Neto, pré-candidato do PTB ao Governo do Estado, destacou o papel dos legisladores municipais para a resolução das questões que fazem parte do dia-a-dia da população.

Armando citou a função do vereador como o maior exemplo da importância da valorização da política na sociedade. “Um mandato tem maior legitimidade na medida em que ele é mais próximo da população. Por isto, os vereadores são portadores de uma legitimidade política inquestionável e, por isto mesmo, precisam ter cada vez mais espaço na formulação das políticas públicas”, afirmou.

O senador discutiu ainda assuntos intrínsecos ao seu mandato, como questões relacionadas ao repasse dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), à construção de um novo pacto federativo e à urgente necessidade de se redefinir o "bolo tributário".

Ao fim, como era de se esperar, Armando alfinetou seu principal adversário na corrida ao Palácio do Campo das Princesas, o secretário estadual da Fazenda, Paulo Câmara (PSB). "Não se arruma político na faculdade, não se recruta político por um critério que seja meramente de avaliação acadêmica. O político é forjado na luta, o político aprende ao longo de sua trajetória. Político não se inventa e não se nomeia circunstancialmente".


Escrito por Magno Martins