sexta-feira, abril 11, 2014

Pedro Bial vai escrever filme sobre Chacrinha


Abelardo Barbosa, o Chacrinha, que é natural de Surubim, ganhará filme com assinatura de Pedro Bial. A Agência Nacional do Cinema Brasileiro, a Ancine, aprovou a produtora a captar até R$ 6,1 milhões para a realização. Como se trata do Velho Guerreiro e de projeto com Bial na ficha técnica, tudo indica que vem produção grandiosa por aí.
Nasceu em Surubim, Pernambuco, e aos 10 anos de idade mudou-se com a família para Campina Grande, na Paraíba. Aos 17, foi estudar em Recife, capital pernambucana. Começou a cursar faculdade de Medicina em 1936 e em 1937 teve o seu primeiro contato com o rádio na rádio Clube de Pernambuco, ao dar uma palestra sobre alcoolismo. Chacrinha, apesar de sucessivas crises financeiras na família, teve uma infância tranquila.


Em 1956 estreou na televisão com o programa Rancho Alegre, na TV Tupi, na qual começou a fazer também a Discoteca do Chacrinha. Em seguida foi para a TV Rio e, em 1970, foi contratado pela Rede Globo. Chegou a fazer dois programas semanais: Buzina do Chacrinha (no qual apresentava calouros, distribuía abacaxis e perguntava "-Vai para o trono, ou não vai?") e Discoteca do Chacrinha. Dois anos depois voltou para a Tupi. Em 1978 transferiu-se para a TV Bandeirantes e, em 1982, retornou à Globo, onde ocorreu a fusão de seus dois programas num só, o Cassino do Chacrinha, que fez grande sucesso nas tardes de sábado.