6 de maio de 2014

Frente Popular recebe DEM e SDD e se torna a maior coligação da história de Pernambuco

Mais dois partidos com representatividade política em Pernambuco - Democratas e Solidariedade - oficializaram seu apoio à chapa que tem Paulo Câmara (PSB) como pré-candidato a governador, Raul Henry (PMDB), como vice, e Fernando Bezerra Coelho (PSB) na disputa pelo Senado. O ato que marcou o engajamento na pré-campanha, realizado nesta segunda-feira (5), no Salão Mauro Mota do Mar Hotel, em Boa Viagem, reuniu diversas lideranças das duas siglas e da frente, entre prefeitos, ex-prefeitos, deputados, vereadores e outros quadros das 20 legendas que compõem a aliança.



Paulo Câmara agradeceu a chegada desses dois reforços e destacou que a qualidade dos partidos hoje unidos em torno do seu nome configura a maior frente já formada na história política de Pernambuco. "Aprendi que na política é preciso ter humildade. Para continuar o trabalho que está dando certo, para voltar atrás quando se está errado e para ouvir a voz do povo. Estou pronto para ampliar os avanços não apenas do ex-governador Eduardo Campos, mas de seus antecessores Mendonça Filho, Jarbas Vasconcelos, Miguel Arraes e Roberto Magalhães", garantiu o socialista.



O pré-candidato também lembrou o desprendimento demonstrado por Mendonça Filho na transição de seu Governo, em 2006, quando assegurou à equipe de Eduardo Campos acesso irrestrito aos dados da gestão. "Isso foi fundamental para o sucesso do Governo Eduardo Campos. Inclusive, muitas ações importantes implantadas no nosso governo foram gestadas por Mendonça Filho, como o PE Digital e o Expresso Cidadão", pontuou Câmara.


"Não entro pela metade em nenhum projeto. Paulo Câmara é bom caráter, tem uma excelente formação, uma história de dedicação ao serviço público e teve papel fundamental no sucesso do Governo Eduardo Campos. Esta aliança tem como horizonte um futuro melhor para o povo pernambucano", afirmou o presidente estadual do DEM e líder do partido na Câmara Federal, Mendonça Filho.



O deputado federal Augusto Coutinho, que dirige o Solidariedade no Estado, ressaltou que a decisão de apoiar Paulo Câmara "não foi tomada dentro dos gabinetes", mas em um amplo diálogo com as bases do partido. "Soubemos ser oposição, com responsabilidade e honestidade, quando os eleitores lá nos colocaram. Hoje saberemos apoiar um candidato de mãos limpas e que vai dar continuidade a um projeto que está melhorando Pernambuco", explicou.

Também discursou no evento o ex-governador Roberto Magalhães, quadro histórico do DEM, para quem Paulo Câmara representa a continuidade de uma nova política que está sendo implantada em Pernambuco. "É o candidato que prossegue uma renovação que começou com a eleição de Geraldo Júlio (PSB), prefeito que terá seu nome marcado na história do Recife. Representa a continuidade do trabalho de Eduardo Campos", avaliou.



O pré-candidato ao Governo agradeceu a Magalhães. "Ter a honra de, na primeira candidatura a um cargo eletivo, contar com o seu voto, significa muito para mim", ressaltou Paulo Câmara.

Credito: Aluísio Moreira

Postagem anterior
Próxima