Bacamarteiros mirins abrilhantarão os festejos juninos no distrito do Tambor

A origem dos bacamarteiros vem da guerra do Paraguai. Eles simbolizam os soldados que vitoriosos voltavam da guerra. As armas usadas por eles foram adaptadas para fazerem parte dos festejos juninos de nossa região. As troças são formadas por; 1 Chefe a frente, com seu guarda chuva, simbolizando ordem e comando e o Subchefe ao final da fila, com seus gritos de comando, entoando o viva aos santos juninos.

Formada pelos os alunos da escola municipal Landelino Rocha do Sitio Pelada – I Distrito de Caruaru, tem como objetivo principal, preservar assim uma cultura existente a tanto tempo nesta comunidade.

A primeira troça de bacamarteiro mirim tem o nome de Zé Galdino, antigo bacamarteiro da comunidade, que começou a brincar em troças com 16 anos, no ano de 1951, no chamado batalhão 20 de peladas.

A troça tem como chefe Erivam Edvaldo da Silva, Subchefe João Paulo da Silva que traz um grupo de forrozeiro mirim para abrilhantar nossa apresentação.

Na sanfona, Vinícios Barbosa da Silva, zabumba, Lucas Henrique Alves, e no triângulo, Emanuel Inácio da Silva.

Esta troça estará no próximo sábado 14 de Junho ás 20h dando um brilho a mais aos festejos juninos de Vertente do Lério, na comunidade do Tambor dentro da programação do São João Severino Silva de Souza (Biu Cego Repentista). E logo após a apresentação dos bacamarteiros mirins teremos show com Bandas até ás 2h. Em mais uma Realização da secretaria de cultura e da prefeitura local, com o apoio do Governo do Estado, EMPERTUR E FUNDARPE.
Fonte: Escola Landelino Rocha
Por Sérgio Ramos/ Repórter e Blogueiro – 08/06/2014

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Blog iSurubim. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Tecnologia do Blogger.