Compesa apresenta projeto do esgotamento sanitário de Surubim


A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) apresentou na manhã da última quarta-feira (11), o projeto de esgotamento sanitário de Surubim.

A explanação aconteceu na sala de reuniões da prefeitura e contou com a presença do prefeito Túlio Vieira, secretários municipais, representantes da Compesa e da empresa responsável pela obra, a MRM Construtora Ltda.

Segundo a companhia, a implantação do esgotamento sanitário vai garantir a coleta e tratamento de esgoto de 90% da cidade. Com investimento de R$ 69,5 milhões, a obra será executada em 36 meses. Os recursos são do Banco Mundial e do Governo do Estado.

Durante o encontro, foi definido que a obra vai seguir um planejamento elaborado com a participação da prefeitura e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). “Queremos fazer uma parceria com a prefeitura e o comércio, para que o projeto seja executado sem causar prejuízos à  atividade econômica e interfira o mínimo possível na vida cotidiana da cidade,” afirmou o diretor regional da Compesa no Agreste, Leonardo Silva.

Ainda de acordo com a estatal, um trabalho social será realizado no município com o objetivo de informar à população sobre todas as etapas do projeto. O início dos serviços está previsto para 1.º de julho.

Confira os dados da obra

R$ 69,5 milhões de reais investidos;
01 estação de tratamento de esgoto;
180 Km de redes coletoras e ramais condominiais;
11.398 ligações domiciliares;
56.758 habitantes beneficiados;
09 estações elevatórias

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Blog iSurubim. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Tecnologia do Blogger.