27 de agosto de 2014

“Nossa maior resposta é a militância ir para a rua”, convocam Armando e João Paulo

“Nossa maior resposta é a militância ir para a rua”, convocam Armando e João Paulo
A menos de 40 dias para a eleição, o candidato a governador Armando Monteiro (PTB) mostrou-se estimulado com os números da última pesquisa de intenções de voto para o governo do Estado, que apontam sua vitória, se o pleito fosse realizado hoje. No levantamento do Instituto Ibope, divulgado nesta terça-feira (26), Armando tem 38% da preferência do eleitorado pernambucano, contra 29% do candidato adversário, que cresceu sobretudo entre os indecisos (6 pontos) e  brancos/nulos (6 pontos).

Para Armando, há muitas razões favoráveis para confiar nesse processo eleitoral pelo o que se sente nas ruas, pela forma como a sua candidatura foi entendida pelo povo e, sobretudo, pela força do conjunto político que o apoia. A coligação Pernambuco Vai Mais Longe tem o apoio do PTB, PDT, PT, PSC, PRB e PTdoB e é o palanque do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff no Estado.

Segundo o candidato do PTB, apesar do cenário atípico de comoção em torno do falecimento prematuro do ex-governador Eduardo Campos (PSB), a última pesquisa mostra que as suas intenções de voto se situam num elevado patamar, indicando a cristalização da vontade do povo pernambucano.

“Essa pesquisa está refletindo um estado de comoção que foi amplificado extraordinariamente por uma intensa cobertura da mídia. Eu tenho a impressão de que logo, logo vamos poder demonstrar que esse processo vai decantar e aí, sim, teremos números que representem melhor o verdadeiro quadro da disputa política em Pernambuco”, disse Armando, durante inauguração do comitê do deputado federal e candidato à reeleição, Fernando Ferro (PT).

Na opinião do candidato a vice na chapa majoritária, o deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT), é hora de aumentar o trabalho para garantir a vitória da coligação Pernambuco Vai Mais Longe. “Temos o desafio de hoje até o dia 5 de outubro de intensificar a nossa luta para consolidar a nossa vitória”, afirmou o pedetista.

Já o candidato a senador, o deputado federal João Paulo (PT), destacou que a “palavra de ordem” é eleger a chapa completa e reeleger a presidente Dilma Rousseff. “A nossa maior resposta é a militância ir às ruas para ganhar votos do Sertão ao Litoral”, respondeu.


Postagem anterior
Próxima