quarta-feira, setembro 17, 2014

Comitê de Armando Monteiro em Surubim é atacado por criminosos


Novamente, um dos comitês da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, que tem Armando Monteiro (PTB) como candidato ao governo e João Paulo (PT) ao Senado, foi alvo de vandalismo. Desta vez, a ação criminosa foi registrada na madrugada desta quarta-feira (17), no comitê de Surubim, Agreste do Estado, localizado na Praça Arlindo Gouveia, Centro. Dezenas de banners de campanha que estavam expostos, inclusive dentro do imóvel, foram rasgados. Os muros próximos também foram pichados. Este é o quinto ataque a comitês sofrido pela coligação em menos de 30 dias.

De acordo com a coordenadora de campanha da coligação no agreste, Joana Leal, os criminosos utilizaram facas para rasgar o material de campanha que exibia imagens de Armando Monteiro. “Os banners e placas foram totalmente despedaçados. Ontem (16), também registramos ataques ao nosso material exposto na PE-90. Inclusive, esses atos criminosos já atingiram a região, nas cidades de Bom Jardim e João Alfredo”, conta Joana.

Ainda segundo Joana, os vândalos também picharam os muros do comitê com palavras e acusações ao PT. “Essas pessoas ignorantes escreveram que ‘foi o PT que matou Eduardo’. Isso é uma atitude irresponsável, que revela o caráter nefasto de quem pratica”, classificou a coordenadora.

Outros casos


Na madrugada de ontem, o comitê de campanha da Coligação Pernambuco Vai Mais Longe, em Olinda, foi depredado por cerca de 15 vândalos, que destruíram diversas placas de divulgação das candidaturas. No último dia 15, o comitê de Abreu e Lima foi alvo de um atentado criminoso, após ter sua estrutura parcialmente incendiada.

Além disto, outros materiais de campanha de Armando e João Paulo têm sido avariados na Região Metropolitana do Recife, sendo objeto de furto e vandalismo. O comitê da Avenida Conselheiro Rosa e Silva, Aflitos, Zona Norte do Recife, também foi alvo da ação devândalos, por duas vezes. Três balões de propaganda de Armando e João Paulo foram furados a tiros, disparados por um desconhecido, na madrugada do último dia 10 de setembro. No dia 30 de agosto, dois balões e uma placa também foram danificados. Todos os casos estão sendo devidamente registrados junto às autoridades policiais.

*Assessoria de imprensa