quarta-feira, outubro 01, 2014

Armando diz que Paulo não explica os R$ 4,4 bilhões tirados da Saúde de Pernambuco



Armando diz que Paulo não explica os R$ 4,4 bilhões tirados da Saúde de Pernambuco

Armando diz que Paulo não explica os R$ 4,4 bilhões tirados da Saúde de Pernambuco

Crédito da foto: Leo Caldas

Armando diz que Paulo não explica os R$ 4,4 bilhões tirados da Saúde de Pernambuco


O último debate entre os candidatos a governador na televisão, nesta terça-feira (30), na Rede Globo, foi marcado pela constante fuga de Paulo Câmara a questionamentos feitos pelos oponentes. Em diversas ocasiões, o socialista foi confrontado por Armando Monteiro (PTB) e Zé Gomes (PSOL) sobre dados do governo, aos quais Paulo não soube dar respostas. Um exemplo foi quando questionado sobre a destinação sem resultados de mais de R$ 4,4 bilhões para investimentos em tecnologia da informação na saúde. "Aonde foram parar esses recursos?", questionou Armando.

"Como sempre, Paulo não responde às perguntas, é só decoreba, faz voltas e diz que tem experiência, mas não responde. É inseguro. Não tem o perfil que Pernambuco precisa para ser um governante", cravou Armando, ao mesmo tempo em que comparou a rubrica pernambucano com a de São Paulo, onde se gastou R$ 220 milhões. "O programa dele diz que vai informatizar tudo. Não tem prontuário eletrônico, mesmo com todo esse gasto. Vamos respeitar as pessoas, vamos fazer um debate sério e honesto, Paulo", completou o petebista.

A experiência acumulada ao longo de sua trajetória como líder empresarial e político, comprovou, novamente, que o candidato Armando Monteiro é o mais preparado para governar Pernambuco nos próximos quatro anos. No debate da Rede Globo, o petebista foi capaz de diferenciar, de modo consistente e objetivo, a sua candidatura das demais postas no tabuleiro eleitoral deste ano. Lastro político que o credencia para liderar um novo ciclo político no Estado.

Durante o debate, Armando partiu para o confronto de ideias de maneira coerente, ao mesmo tempo em que apresentou suas propostas. Em paralelo, o candidato do PTB mostrou que Paulo Câmara não tem liderança política, lastro e diálogo nacional para conduzir o novo ciclo de Pernambuco, atributos necessários à figura do próximo governador do Estado.

Além de desmascarar Paulo Câmara, Armando Monteiro desconstruiu todo o marketing produzido em torno da candidatura do PSB. Ao ser instado a avaliar os governos Lula e Dilma, Paulo Câmara tergiversou e não foi capaz de traduzir em palavras o quão foi importante a ajuda do governo federal para que Pernambuco atingisse um novo patamar de desenvolvimento.

"Paulo traz o discurso decorado de sempre. Começa evocando a figura do ex-governador Eduardo Campos e não reconhece governo de Dilma e de Lula. A presidente Dilma manteve projetos importantes para Pernambuco, como a extensão dos campi universitários, trouxe escolas técnicas e muito mais", defendeu Armando Monteiro.






This email was sent to isurubim@hotmail.com
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Comitê do candidato ao governo Armando Monteiro · Av. Rosa e Silva, nº 839, Aflitos · Recife, Pernambuco 52.020-220 · Brazil