5 de outubro de 2014

CRIME ELEITORAL: Rapaz tira foto durante votação em Minas Gerais e posta nas redes sociais


"Ta ai...foto na urna", postou o eleitor no Instagram
Um eleitor do município de Betim, em Minas Gerais postou na manhã deste domingo (5/10) uma foto ao lado da urna assim que acabou de votar. A imagem já foi compartilhada no Twitter e Instagram inúmeras vezes. O jovem disse que foi um "desafio" registrar a cena e sentiu medo.

Alguns usuários comentaram na foto do mineiro, alertando que selfie na urna é crime. Quem for pego fazendo isso pode receber até dois anos de prisão e pagar multa de R$ 16 mil.

Outro eleitor, desta vez de Monte Serrat, em Santos (SP) também fotografou o voto. Em menos de cinco minutos ele deletou a imagem do perfil no Instagram e bloqueou o acesso de usuários que não estavam na lista de amigos.
Já um site (Veja AQUI) reuniu todas as selfies que estão sendo postadas nas redes socias em um único endereço. Alguns já foram apagados (após serem flagrados). Outros, entretando, não mostraram nenhum arrependimento pela postagem, que é considerado crime eleitoral.

Fazer selfie na urna é considerado crime pela legislação eleitoral (Reprodução/Instagran)
Fazer selfie na urna é considerado crime pela legislação eleitoral
 
Redes sociais
De acordo com a legislação eleitoral, não é permitido pedir votos no dia da eleição, mas o internauta pode dizer em quem votou.
Diário de Pernambuco 

Postagem anterior
Próxima