segunda-feira, outubro 13, 2014

Jornal Folha de São Paulo cancela debate após imposição de Dilma sobre perguntas de jornalistas

O jornal Folha de S. Paulo desistiu de realizar debate em parceria com o SBT, o portal UOL, rádio Jovem Pan, após a equipe da presidente Dilma Rousseff (PT) dizer que não aceitaria a presença dos jornalistas para fazer perguntas aos candidatos. 

Para o editor-executivo do jornal Sérgio Dávila, os debates como “engessados” por conta da Lei Eleitoral e das imposições dos candidatos. “As regras impostam já vetam o direito à réplica para jornalistas. Agora querem dar um passo atrás e até proibir as perguntas dos jornalistas”, apontou Dávila. Segundo a Folha, a campanha de Aécio Neves (PSDB) também não se manifestou, nesta terça-feira (7), contra a participação de jornalistas no debate. No dia seguinte, o comitê voltou atrás e disse que aceitaria um bloco com as questões da imprensa. Após tomar conhecimento da mudança de posição de Aécio, a equipe de Dilma afirmou que reavaliaria o assunto, mas voltou à resposta negativa nesta sexta-feira (10). 

O debate, que será realizado no SBT às 18h, no dia 16 de outubro. Os outros veículos de comunicação continuarão presentes no evento. Também foi sugerido aos candidatos o formato do “banco de minutos”, para que os candidatos pudessem administrar os minutos extras quando o tempo regulamentar encerrasse.

EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL