quinta-feira, novembro 20, 2014

Aluna de Surubim toma posse como 'Jovem Senadora'



Estudante do 1º ano da Escola de Referência em Ensino Médio Severino Farias, em Surubim (PE), a pernambucana Maria Jéssica Silva de Almeida tomou posse como jovem senadora, na última terça-feira (18), no plenário do Senado. Em solenidade presidida por Renan Calheiros (PMDB-AL), ela e representantes das demais 26 unidades federativas do país foram empossados simbolicamente graças ao Projeto Jovem Senador, concurso feito pela Casa que seleciona as melhores redações de alunos de até 19 anos que estudam em escolas públicas.

Jéssica, de 16 anos, se classificou na etapa nacional do programa em terceiro lugar, com a redação “Lei boa é lei cumprida”. O tema deste ano para os estudantes interessados era "se eu fosse senador". Ela conta que todos na casa dela ficaram muito surpresos com a ótima colocação alcançada. “Meus pais ficaram tão surpresos quanto eu, pois dentre tantas redações, nunca imaginaríamos que eu ficaria em terceiro lugar”, diz.


O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), que está em missão oficial nos Estados Unidos esta semana, parabenizou a jovem pernambucana. Segundo ele, a rotina desses estudantes em Brasília será muito intensa e enriquecerá o currículo de cada um deles. 

“Eles irão experimentar, no Congresso Nacional, esse verdadeiro exercício pela democracia. É algo muito importante, até para que se conscientizem a respeito da atividade política dos parlamentares e se tornem lideranças em suas localidades”, avalia Humberto. 

Em sua redação, Jéssica afirmou, nas 30 linhas disponíveis, que os parlamentares brasileiros precisam pensar na aplicação da legislação já existente no país antes de se criar novas normas.

“Como senadora, não iria abarrotar a legislação com mais leis e mais leis, tentando agradar a opinião pública. Meu empenho seria em fazer valer aquelas já existentes, afinal de contas, como disse Charles de Montesquieu ‘leis inúteis enfraquecem leis necessárias’”, ressaltou no seu último parágrafo. 

A estudante, que contou com a ajuda da professora Luciana Emília de Lima, espera contribuir com o Brasil enquanto estiver no Senado. “Eu espero, sinceramente, poder contribuir para o benefício do país. Uma oportunidade como essa é bastante especial e a experiência de passar esses dias no Senado com certeza será muito enriquecedora e inesquecível”, acredita. 

Ela desembarcou em Brasília na última segunda-feira e retorna a Pernambuco no próximo sábado. Como senadora, ela integrou uma comissão que tratou de finanças e educação onde foram apresentados dois projetos de lei. Um trata de conceder uma bolsa, no valor de R$ 250, a estudantes de 15 a 17 anos que tenham bom desempenho e frequência escolar. A outra proposta garante que os 75% do dinheiro dos royalties do petróleo sejam destinados, especificamente, à educação. As matérias seguirão o rito de tramitação do Senado. 

No dia da posse, os jovens ainda realizaram uma eleição para escolher os integrantes da Mesa Diretora, que inclui os cargos de presidente do Senado Jovem, vice-presidente e 1º e 2º secretários. O estudante de Mato Grosso, Carlos Henrique, foi eleito o presidente da Casa. 

Jornalismo 
Apesar de ter plena convicção a respeito do tema de sua redação, Jéssica ainda tem dúvidas sobre o seu futuro profissional. Ela não sabe se cursa Jornalismo, pois gosta muito de escrever, ou se vai seguir carreira no magistério lecionando a Língua Inglesa. 


Com o seu lema preferido, “seja a mudança que você quer ver no mundo”, de autoria do pensador Mahatma Gandhi, ela espera “poder exercer dignamente a profissão que escolher e construir uma família tão bem estruturada quanto a que possuo”. 
O Jovem Senador é um projeto anual que proporciona aos estudantes do Ensino Médio das escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, de até 19 anos, conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo no Brasil.

Agencia Senado