quinta-feira, janeiro 07, 2016

Coronel quer placas no capacete de motoqueiros para reduzir os crimes

Segundo deputado mais votado em São Paulo, Coronel Telhada (PSDB) apresentou um projeto de lei, digamos, criativo, para tentar reduzir os crimes cometidos por motoqueiros. 

Quer que seja obrigatório o uso de uma placa no capacete, com a mesma identificação da moto, tanto para o motorista, quanto para quem estiver na garupa.  
Telhada: Projeto ‘polêmico’


A multa para quem infringir a regra seria de R$ 300, além da apreensão do veículo. Publicidade No texto, ele admite que o projeto é “polêmico”. 

Justifica dizendo que é preciso distinguir “aqueles que usam as motos para fins de trabalho ou locomoção daqueles que usam para prática de furtos e delitos”.

Veja Online