22 de janeiro de 2017

Rebelião no presídio de Santa Cruz deixa um morto e 13 feridos

A crise nacional que abate o sistema penitenciário teve na manhã deste sábado (21) seu primeiro episódio no estado. O princípio de rebelião aconteceu no presídio de Santa Cruz do Capibaribe (foto), no Agreste, deixando um morto e 13 feridos. De acordo com a Secretaria de Ressocialização (Seres), três detentos fugiram.
Viaturas do 24º Batalhão da PM se deslocaram até o local e, com o apoio dos agentes penitenciários de plantão, controlaram o motim no fim da manhã. O efetivo do Batalhão Especializado de Policiamento de Interior (BEPI) do município de Toritama também participou da operação.
A vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, Márcia Silva, afirmou ao Diario que ainda é cedo para identificar a causa. Até o momento, não se sabe se há envolvimento de facções criminosas, como ocorrido em outros estados - neste mês, penitenciárias no Maranhão, Rio Grande do Norte, Roraima e Amazonas foram palco de embates entre grupos rivais, com mais de 100 mortos.

"Apenas três agentes penitenciários estavam no plantão. Não sabemos como tudo aconteceu porque ainda não conseguimos falar com eles. Advogados e diretores do sindicato estão se deslocando para o presídio para averiguar o caso", destacou.
O presídio de Santa Cruz do Capibaribe foi inaugurado em 2015, com capacidade para atender 186 detentos em 22 celas. Por conta da crise que abate o sistema prisional em várias localidades do país, o governador Paulo Câmara suspendeu, no último dia 13, as férias dos agentes penitenciários pelos próximos 90 dias. A portaria que está em vigor foi assinada pelo secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.
Na quarta-feira passada, governadores de nove estados das regiões Norte e Centro-Oeste tiveram uma reunião com o presidente Michel Temer e assinaram um pacto federativo dando aval para a atuação do Exército, da Marinha e da Aeronáutica nos presídios. O acordo autoriza a presença das Forças Armadas na revista de detentos, ajudando na apreensão de armas e drogas nas penitenciárias.
Confira, na íntegra, o pronunciamento da Secretaria de Ressocialização (Seres):
Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informa que conteve, na manhã deste sábado (21), um tumulto no Presídio de Santa Cruz do Capibaribe, no agreste pernambucano.
o motim, três reeducandos fugiram, 13 ficaram feridos e um foi a óbito. A situação foi controlada pela Polícia Militar com o apoio dos agentes penitenciários. Uma sindicância será aberta pela Seres para apurar o caso.
Diário de Pernambuco

Postagem anterior
Próxima