23 de julho de 2017

Inscrições para o Fies começam nesta terça-feira

Na próxima terça-feira (25), os estudantes interessados em obter bolsas de estudos por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) podem fazer inscrição para obter o recurso no segundo semestre. O prazo se encerra na sexta-feira (28) e a orientação é que os estudantes não deixem para última hora.

A partir desta segunda-feira (24) a lista com as instituições parceiras e os cursos cadastrados no Fies podem ser consultados na página eletrônica do programa, no canal Seleção. Para o segundo semestre estão previstas 75 mil novas vagas.

O programa concede bolsas de estudos em instituições de ensino superior particular e os que se inscreverem até o final da próxima semana, poderão consultar se conseguiram ou não o benefício no dia 31. Na mesma data será divulgada uma lista de espera. Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do programa (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

Novas regras


A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. O programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.
Com as mudanças anunciadas pelo governo recentemente o programa de incentivo a graduação. Com a oferta das novas vagas ainda neste ano, o Ministério da Educação espera que o total de novos contratos do Fies assinados em 2017 chegue a 225 mil.
Estarão habilitados a se candidatar às novas vagas os estudantes que possuem renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e que tenham obtido ao menos 450 pontos na última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de não ter zerado na prova de redação.

Quem tem direito


Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Enem como já mencionado acima e  com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. 

* Com informações da Agência Brasil

Postagem anterior
Próxima